VACINAÇÃO EM GATOS: ENTENDA SUA IMPORTÂNCIA

Atualmente, as vacinas consistem no principal método de prevenção para uma série de doenças nos animais de companhia. Para os felinos, não é diferente, havendo diversas vacinas disponíveis para protege-los de uma série de enfermidades. Confira abaixo as principais doenças prevenidas pela vacinação, e qual o protocolo de vacinação mais adequado.

QUAL O PROTOCOLO DE VACINAÇÃO PARA FELINOS?

O protocolo para gatos filhotes é de:
– 1ª dose da tríplice ou quádrupla felina (v3 ou v4) aos 60 dias de idade
– 2ª dose da tríplice ou quádrupla felina (v3 ou v4) aos 90 dias de idade
– 3ª dose da tríplice ou quádrupla felina (v3 ou v4) aos 120 dias de idade
– anti-rábica aos 120 dias de idade

Após o término deste protocolo, estas vacinas devem ser repetidas anualmente, em dose única.

Gatos adultos que nunca foram vacinados devem receber pelo menos 2 doses da v3/v4, além da anti-rábica.

 

Gatos que tem acesso a rua podem ter indicação da vacinação contra FeLV (Leucemia Felina). A proteção desta vacina não costuma ser de 100 %, podendo haver falhas, e alguns efeitos adversos foram reportados, devendo portanto somente ser aplicada em animais que não vivem confinados, e portanto tem contato com outros felinos e risco de contrair a doença.

MEU GATO NÃO SAI DE CASA, DEVO VACINÁ-LO?

Sim. Diversas doenças podem ser transmitidas através do ar, água e alimentos contaminados, ou até mesmo trazidas da rua para casa ao entrar em contato com outros animais. Portanto, mesmo que seu animal não tenha acesso a rua, ele deve receber o protocolo básico de vacinação.

MEU GATO SE ESTRESSA MUITO PARA IR AO VETERINÁRIO, COMO PROCEDER?

Nós da Vet4Life – Veterinário em domicílio, trazemos a solução para este problema! Ao receber o veterinário em sua casa, o estresse para seu gato é muito menor, e ele pode receber sua vacinação com o maior conforto possível. Entre em contato conosco e agende um atendimento para seu gatinho!

QUAIS AS DOENÇAS CONTRA AS QUAIS A VACINAÇÃO PROTEGE?

A vacina quádrupla felina (v4) protege contra o complexo respiratório felino (clamidiose, calicivirose e rinotraqueite), e contra o vírus da panleucopenia felina. Já a tríplice felina (v3) não protege contra a clamidiose.

Confira os principais sintomas destas doenças:

  • Rinotraqueíte: é um vírus que ocasiona lesões principalmente nos seios paranasais e traquéia. Causa espirros, secreção nasal e ocular, falta de apetite, febre. É uma doença crônica, e portanto a partir do momento em que seu gatinho se torna portador, ele viverá com ela pelo resto da vida, podendo haver momentos de piora quando há baixas de imunidade. O vírus pode, ainda, causar osteólise (degeneração óssea) dos ossos turbinados (que ficam nas narinas), e levar a quadros de espirros crônicos.
  • Calicivirose: corrimento nasal e ocular, conjuntivite, úlceras na língua e nos lábios. Pode desencadear uma pneumonia secundária.
  • Clamidiose: causa espirros, lacrimejamento nos olhos, conjuntivite, tosse, dificuldade respiratória e anorexia.
  • Panleucopenia: causa infecção intestinal, caracterizada por vômito e diarreia intensos, além de uma queda brusca de imunidade (leucopenia). Se não tratada devidamente, tem alto risco de mortalidade.

Sabendo de todas estas informações, não deixe de proteger seu gatinho! Agende já uma vacinação em domicílio e cuide de quem você ama!

Dr. Leandro Almeida Rui
Médico Veterinário
CRMV/SP 28.370
Tel/Whatsapp (11) 9 9959 8331